A Assego, juntamente com as demais entidades representativas, reivindica que os policiais e bombeiros militares sejam incluídos no grupo de prioridade de vacinação contra a Covid-19 e que o Hospital do Policial Militar (HPM) seja equipado com UTI’s e seja transformado em um Centro de Referência no combater ao novo Coronavírus para atender militares ativos, veteranos e seus familiares.

A cobrança foi feita pelo presidente da Assego, ST Claudio, em entrevista concedida à TV Anhanguera.