A Associação dos Subtenentes e Sargentos PM & BM de Goiás esteve  nesta terça-feira (05/04) na Câmara dos Deputados em Brasília para lutar contra o PL 257/16, projeto que ameaça diversos direitos dos militares estaduais como não conceder aumento salarial, não aumentar o efetivo, aumentar a contribuição previdenciária, mudança do Regime Jurídico, não recebimento de adicionais por tempo de serviço  e conversão em pecúnia de direitos e vantagens, aumentar o tempo de serviço, afetando assim a passagem  para Reserva Remunerada, acabar com o posto e graduação imediata e impor todas as condições aplicáveis aos  servidores civis da União, mantendo as obrigações da investidura militar sem benefícios próprios.
A ASSEGO, representada pelo seu presidente ST Cláudio e seus diretores TEN Niltomar, ST Cardoso, ST Pádua e SGT Wesley participaram desta grande mobilização no Auditório Nereu Ramos na Câmara Federal que reuniu mais de 400 policiais e bombeiros militares e também policiais civis de vários Estados, além de diversos representantes de Associações e o apoio dos Deputados Federais.
“Esse é o momento de reflexão de cada irmão e irmã Militar Estadual, Ativo, Inativo e Pensionista, portanto fiquem atentos às convocações para as ações que forem necessárias para garantirmos a manutenção dos nossos direitos, pois nossa união significará nossa própria sobrevivência”, conclui o ST Cláudio.

pl 257 todos