Cabos eleitorais do candidato a deputado estadual Junior do Riva (PHS), também vice-prefeito de Britânia, prestaram depoimento na manhã desta quarta-feira (12) no 8º DP, alegando que não receberam parte do pagamento combinado.

De acordo com o delegado Waldir Soares, 22 pessoas serão ouvidas, hoje foram apenas sete. “Eles dizem que trabalharam em diversas atividades para o candidato durante dois meses, mas só receberam um mês”, diz o delegado.

A dívida total é de R$ 19.400 para as sete pessoas que trabalharam em Goiânia, mas ela ainda pode aumentar. “Esse valor pode chegar a R$ 300 mil se contabilizado os cabos de todo o estado”, afirma Waldir.

Os cheques estão apreendidos e o candidato está sendo investigado por estelionato. Ele deve ser ouvido em até 30 dias, prazo de concluisão do inquérito.

Entenda o caso
Segundo os cabos eleitorais, eles tentaram contato com o candidato que disse ter vendido uma fazenda para efetuar o pagamento. Mesmo assim os cheques ainda estavam sem fundo e o candidato teria dito que não poderia fazer nada, que ele tinha feito uma pareceria com um deputado federal e esse deputado não repassou o dinheiro.

Junior do Riva, entrou em contato com o Jornal Anhanguera 1ª edição disse que reconhece a dívida e que vai quitar.

Fonte: O Popoular