O Governo do Estado de Goiás anunciou ontem (03/11) que o reajuste dos servidores da SSP, concedido por meio das Leis 18.419/14, 18.474/14, 18.420/14 e 18.421/14, sancionadas no dia 08/04/2014 e que posteriormente foram modificadas, condicionando o repasse do aumento à ocorrência de crescimento real da receita corrente líquida do Estado nos 12 meses anteriores ao da vigência será congelada em 2015, adiando a parcela para 2018.

Diante do fatídico anúncio os presidentes da ASSEGO, ACS, ASSOF, UGOPOCI, SINPOL, SINDEPOL e APPEGO, reuniram-se emergencialmente nesta manhã (04/11), para avaliar o impacto e graves prejuízos para as categorias e as etapas de luta que iniciará. Ressaltamos a importância de UNIãO DAS ENTIDADES em mais um embate.