O incêndio que atingia o Parque dos Pireneus, em Pirenópolis, no Entorno do Distrito Federal, foi controlado por volta da meia-noite de domingo (26). Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo destruiu 1.106 hectares de mata, quase 40% da área de preservação ambiental.

As chamas começaram na última sexta-feira (24). “A gente debelou os focos e, depois de um certo período, apareceram novos, mas a gente fez o isolamento da área, a contenção dos focos e preservou o restante do parque”, explicou ao G1 o tenente do Corpo de Bombeiros Edson Oliveira Carvalho.

De acordo com a corporação, não havia foco de incêndio no parque há quatro anos. A vegetação espessa, o vento e o tempo seco ajudaram a propagar as chamas, conforme o tenente.

Para os bombeiros, a causa do incêndio foi humana. “A gente não sabe se foi criminal ou não intencional. Há vários frequentadores no parque”, disse Carvalho.

Cerca de 25 homens participaram, por dia, da operação para apagar o fogo. Além dos bombeiros, a comunidade ajudou no combate.

Fonte: G1 Goiás