Para reforçar a segurança da população goiana, a Polícia Militar impulsiona suas ações de prevenção e combate à criminalidade nas ruas. Nos primeiros cinco meses deste ano, a corporação deflagrou 21.306 operações policiais e efetuou 472.796 abordagens em Goiás. Os dados foram extraídos dos sistemas Delfos e Gescop, que permitem o acompanhamento contínuo dos indicadores criminais.

Com o fortalecimento de suas ações, a PM mantém o crescimento nos registros de apreensões de armas de fogo e drogas. Em comparação com o mesmo período do ano passado, o número de apreensões de armas de fogo subiu de 1.202, em 2014, para 1.396 este ano, representando crescimento de 16,1%. Já a quantidade de apreensões de drogas aumentou 12%, subindo de 2.361 para 2.645.

As ações para recapturar foragidos da Justiça e repressão ao furto e roubo de veículos também ganham força. Em 2015, a PM efetuou a prisão de 2.112 foragidos da Justiça e recuperou 5.742 veículos com registros de furto e roubo.

Na avaliação do comandante-geral da PM, coronel Silvio Benedito Alves, o trabalho integrado entre as forças de segurança e as ações realizadas pela corporação em todo o Estado, contribuem para que haja redução dos índices de criminalidade. “Foram nove dias sem qualquer registro de homicídios no mês de maio na capital”, ressalta.

Redução
De acordo com dados apresentados pelo Observatório de Segurança da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás (SSP-GO), foram registrados em maio deste ano 43 homicídios em Goiânia, sete a menos que o mesmo período de 2014. No comparativo com abril, a queda foi de 28%.

A redução de modalidades criminosas vem ocorrendo sistematicamente. Conforme dados divulgados pelo Observatório de Segurança, no primeiro quadrimestre de 2015, houve queda de 21,5% nas ocorrências de furto e de 21,2% nas de roubo de veículos, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Também no primeiro quadrimestre, as forças policiais conseguiram recuperar 1.707 veículos roubados ou furtados em Goiânia. Isso significa que, de cada 10 carros furtados ou roubados na capital, pelo menos 7 foram recuperados.

Fonte: Site Goiás Agora