O delegado titular da Delegacia Estadual do Meio Ambiente (Dema), Luziano de Carvalho, afirma que caso a situação se mantenha como está o Rio Araguaia irá secar em 40 anos.

Imagens feitas pela Polícia Civil em um raio de 200 quilômetros na Bacia do Araguaia revelam graves problemas ambientais, sobretudo em quatro municípios: Britânia, Aruanã, Jussara e Montes Claros.

Entre as irregularidades está a existência de pivôs centrais, utilizados para irrigação em cima das nascentes e dentro da mata na bacia do rio.

O delegado Luziano de Carvalho garante que pessoas devem ser responsabilizadas pelos crimes ambientais. “Alguns casos extremamente graves, como a instalação destes pivôs em áreas de preservação permanente, precisam de ser responsabilizados criminalmente”, disse.

Outros graves problemas ambientais foram verificados pela Polícia Civil. O Rio Vermelho chegou a ser desviado em 15 quilômetros dentro de uma fazenda, próximo a Britânia. Além disso, áreas em que havia nascentes da Bacia do Rio Araguaia estão sendo utilizadas para a criação de gado.

Neste caso, a Polícia Civil vai tentar negociar com os agropecuaristas para que as nascentes sejam cercadas. De acordo como delegado Luziano de Carvalho, todos os problemas ambientais verificados na Bacia do Rio Araguaia são provocados pelo desmatamento.

Fonte: O Popular