O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) vai julgar, hoje, dois processos que envolvem a candidatura de Antônio Gomide (PT), quarto colocado no primeiro turno da disputa ao governo de Goiás. O primeiro processo, devolvido pelo TSE, se refere às contas rejeitadas pelo TCM, da gestão de Antônio Gomide, no exercício da Prefeitura de Anápolis, em 2010. O segundo, trata-se do pedido de registro da candidatura a vice-governador de Zé do Carmo, em razão da renúncia de Tayrone Di Martino, a menos de 20 dias antes do pleito de 5 de outubro.

Se o registro da candidatura de Antônio Gomide for negado pela Justiça Eleitoral, os votos obtidos pelo petista nas eleições – 10,09% dos votos válidos – seriam anulados, o que garante a vitória do governador Marconi Perillo (PSDB) em primeiro turno, já que o tucano obteria mais de 50% no cálculo dos votos válidos.

Fonte: DM